Curso Cultura Digital 2008

De GPoPAI - Grupo de Pesquisa em Políticas Públicas para o Acesso à Informação
Ir para: navegação, pesquisa


ESTUDOS DIVERSIFICADOS: CULTURA DIGITAL

Ementa: A disseminação dos métodos de produção e reprodução digital de conteúdos deu origem a uma ampla rede de compartilhamento e colaboração. São exemplos, as redes P2P de compartilhamento de música e vídeo e as redes de colaboração como as de desenvolvimento de software livre e artigos enciclopédicos. Mas o mesmo período que viu a digitalização da cultura, também viu a ampliação da duração e do escopo das leis de propriedade intelectual. Este curso busca entender o conflito entre essas duas tendências e os debates que suscitou.

Objetivo: Apresentar conceitos fundamentais e debates contemporâneos relativos à cultura digital

Avaliação: A avaliação será por meio de um trabalho cujo tema será apresentado em junho.


RECUPERAÇÃO

A Recuperação (para alunos que tiveram notas entre 3,0 e 4,9) consistirá num trabalho a ser entregue até o dia 27 de julho com o seguinte tema:

"A partir dos textos discutidos em aula, comente a tensão existente entre as práticas de compartilhamento e de colaboração para a produção de cultura digital e as leis de propriedade intelectual"

Os trabalhos podem ser enviados por email para paort arroba usp.br


Aula 1. Apresentação do curso

Aula 2. Conflitos de regulação da cultura digital em rede

Aula 3. A história da internet

Manuel Castells. A galáxia da internet. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003. cap 1: "Lições da história da internet"

Outros:

“AISA“. A História da Internet [1]

RNP. A RNP e a História da Internet brasileira [2]

Recursos:

Internet Archive [3]

Distribuição de acessos na internet [4]

Uso de línguas na internet [5]

Acesso a Internet e Posse de Telefone Móvel Celular para Uso Pessoal. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios. IBGE [6]

Aula 4. Propriedade intelectual

L. Lessig. Cultura Livre. São Paulo: Trama, 2005. cap. 6 ("Fundadores") e cap. 10 ("Propriedade") [7]

Recursos:

Licenças livres [8]

Licenças Creative Commons [9]

Debate Lessig vs. Parenti (Real Video) [10]

Relatório: "Gowers Review of Intellectual Property" [11]

Aula 5. Software livre

R. Stallman. Porque o Software Deveria Ser Livre. [12]

Outros:

R. Stallman. O Manifesto GNU [13]

R. Stallman. O que é o software livre. [14]

E. Raymond. A catedral e o bazar. [15]

E. Raymond. Adeus "software livre", olá "código aberto" [16]

Recursos:

Free/Libre and Open Source Software: Survey and Study [17]

Aula 6. Filme: Revolution OS

Aula 7. O acesso aberto à literatura científica

Direitos autorais e o acesso às publicações científicas [18]

Outros:

Open Access Overview [19]

Aula 8. Wikipedia: profissionalismo versus amadorismo

Jim Giles. Enciclopédias de internet empatam [20]

Outros:

Larry Sanger. Por que a Wikipedia deve descartar seu anti-elitismo [21]

Willinsky, John. What Open Access Research can do for wikipedia [22]

Jaron Lanier. Maoismo digital: os acasos do novo coletivismo online [23]

Aula 9. Dispositivos DRM e ameaças às práticas de compartilhamento

Cory Doctorow. Gerenciamento digital de direitos (DRM): Esqueçam! [24]

Steve Jobs. Pensamentos sobre a música [25]

Alexandre Oliva e Fernanda G. Weiden. DRM: Defectis Repleta Machina [26]

Recursos:

Vídeo Trusted Computing [27]

EMI lança download de formato superior sem DRM [28]

Aula 10. Pirataria I

III Relatório de Atividades - Conselho Nacional de Combate à Pirataria [29]

Aulas 11. Pirataria II

Shuddhabrata Sengupta. Carta ao Commons [30]

Tim O'Reilly. Pirataria é imposto progressivo. [31]

Aulas 12. Encerramento e avaliação do curso

Normas ABNT para a redação de textos científicos

Norma ABNT 6023-2002 [32]
Norma ABNT 10520-2002 [33]